O Equilibrando mudou…

ceb-2

Sukha – esta palavra tão importante e tão necessária será o novo nome deste nosso blog.

Sukha é uma palavra sânscrita e pali que significa um estado de profundo bem estar, natural de uma mente saudável e equilibrada, que independe das circunstâncias externas. Poderíamos traduzir por felicidade genuína, mas quando usamos palavras comuns para designar coisas incomuns, corremos o risco de perdermos a riqueza do termo. Então, neste caso, ficará assim: sukha.

A primeira vez que ouvi falar desse assunto foi numa palestra do Professor Alan Wallace, a dois quarteirões da minha casa, aqui em São Paulo, em 2005. Era a primeira vez que ele vinha ao Brasil, a convite do querido Lama Padma Samten, e estava lançando o livro “Genuine Happiness” (que dez anos depois foi lançado em português – Felicidade Genuína). Fiquei encantada com tudo – com ele, com o tema, com a clareza e riqueza do que ele falava e com a sorte de ter ido!

Hoje entendo que esse estado de bem estar, de conforto, de relaxamento existencial, que não tem nada a ver com dar risada o tempo todo,  é o que todos nós buscamos, é pelo que verdadeiramente ansiamos. Mas por confusão, por pressa, por desatenção, acabamos nos contentando com imitações baratas, tentando controlar tudo à nossa volta, para que a vida por fim dê certo – como se fosse possível! É isso o que aprendemos na escola, o que nossos pais aprenderam, os pais dos nossos pais aprenderam. E seguimos tentando… tentando de outro jeito… e de outro…

Mas o caminho de cultivar o coração está aí! Disponível! Maravilhoso! Muitos mestres estruturaram tudo isso para nós, de muitas formas diferentes. O meu fez assim:

3 comentários sobre “O Equilibrando mudou…

  1. Darcy Brega

    Querida Jeanne,

    Sukha é o que sinto quando estou em contato com você, com os amigos e amigas com quem aprendi sobre a existência desse “estado de ser, de estar, de bem estar”. E aprendi que não eu não perco e não ganho Sukha, aprendi que Sukha está disponível… Sukha está aqui e agora, ainda que manter esse estado requeira treino, requeira hábito. Muito obrigado, mais uma vez, milhares de muito obrigado! Beijo!

    1. Jeanne Pilli Autor da Postagem

      Ai que saudade!
      Beijo

  2. Celso Orrico Filho

    Olá, Mestre Dogen dizia: ” basta sentar, respirar e meditar” assim se baseia o Zen..muito boa a palestra do Dr Alan Wallace e percebi algumas conjuminâncias com o Zen, mais especificamente com a prática do Zazen..
    Grato por disponibilizar..
    Abraços